A neuropatia periférica refere-se a um dano no sistema nervoso periférico. São os nervos periféricos que transmitem ao nosso sistema nervoso central algum tipo de sensibilidade corporal, se os pés estão muito frios ou se a mão está queimando, por exemplo. Qualquer dano nessa parte dos nervos, ele passa a distorcer as mensagens que devem ser mandadas para o cérebro, causando assim, sensibilidade e formigamentos.

        Foram encontrados mais de cem tipos de neuropatia, cada uma com características específicas, evoluindo para um tipo de prognóstico. Os sintomas dependem diretamente do tipo de nervo que foi danificado: motor, sensitivo ou autonômico. Os nervos sensitivos transmitem informações ligadas às experiências sensoriais, ou seja, a sensação de corte ou o toque na pele. A dor e os outros sintomas podem aparecer de forma conjunta.

Formigamentos ou Parestesias

É comum, por exemplo, uma sensação de formigamento iniciar nos pés e passar para as pernas, evoluindo para os dedos das mãos e braços, se estendendo para toda a região do corpo. Esses padrões de sintomas são comuns em pacientes diabéticos.

Doença ou alguma outra alteração corporal não necessariamente causam sintomas de dores. Alguns sintomas de patologias graves podem surgir como sensibilidades, formigamentos, choques e sensação de anestesia no local, geralmente sentidos nos dedos, mãos, pés, braços e nas pernas.

Os sintomas costumam aparecer de forma lenta, mas tendem a aumentar com o tempo e podem estar relacionados a lesões nas estruturas nervosas do cérebro ou da medula, sendo necessário diagnóstico médico o mais rápido possível.

É claro que não é porque você está com um formigamento no pé, por exemplo, que você tem algum problema no sistema nervoso, mas é exatamente isso que faz com que as pessoas não se preocupem com os sintomas. Por ser uma condição até comum, não é dada a devida atenção.

O que são as Parestesias ou Formigamentos?

Como o próprio termo que o senso comum nomeou, o formigamento é a sensação de ter formigas andando por partes do seu corpo fazendo cócegas, é uma alteração da sensibilidade corporal desagradável. Essas parestesias podem atingir tanto os membros inferiores quando os superiores do corpo.

Doenças que têm como Sintoma o Formigamento

  • AVC: O Acidente Vascular Cerebral é uma hemorragia ou uma interrupção no fluxo do sangue para o cérebro, o que também traz o formigamento em um lado do corpo. Fraqueza, tontura, confusão mental, dificuldade na fala e dormência são outros sintomas.
  • Anemia: A anemia é uma doença em que o sangue não possui uma quantidade adequada de glóbulos vermelhos que são saudáveis, assim, pode-se levar ao sintoma do formigamento, que pode acontecer em qualquer lugar do corpo e até mesmo dormência, em razão da queda de oxigênio e a menor quantidade de hemoglobina. Mas não é somente esse sintoma, indisposição e sonolência também podem acontecer.
  • Diabetes: A deficiência na produção de insulina, substância que regula a glicose, acaba resultando no acúmulo de açúcar no sangue. Este excesso de glicose pode causar pequenas lesões nos nervos, gerando o que chamamos de dor neuropática diabética. A doença pode iniciar com um simples formigamento, normalmente nos pés e nas pernas e começar a perder a sensibilidade nos dedos. Caso não seja descoberto antecipadamente, pode causar até uma amputação do membro.

Exames que Identificam a Causa dos Formigamentos:

  • Ressonância da cabeça e da coluna;
  • Tomografia da cabeça e da coluna;
  • Ultrassom vascular.

É importante salientar que em cada pessoa pode ocorrer um tipo específico de formigamento, podendo ou não ser o sinal de um problema grave. Assim, é de extrema importância procurar ajuda médica ao observar estes sintomas.

Formigamentos e Alterações da Sensibilidade
Média 5 / 46 de Votos

Comente

Agendar
Consulta